Telefone da Amizade

Um amigo nas horas difíceis - apoio em situação de crise pessoal ou suicídio


22 832 35 35

jo@telefone-amizade.pt

Suicídio

Nascemos com a capacidade de terminar com a nossa própria vida. Por ano, um milhão de pessoas fazem essa escolha. Mesmo em sociedades onde o suicídio é ilegal ou tabu, as pessoas continuam a suicidar-se.

Para muitas pessoas que pensam em suicidar-se, parece não existir outra saída. A morte é a solução naquele momento e a força dos seus sentimentos suicidas não deve ser subestimada. Não existem curas mágicas.

No entanto, também é verdade que:
  • O suicídio é uma solução permanente para um problema temporário.
  • Quando se está deprimido, têm-se uma visão das coisas muito reduzida pela perspectiva do momento presente. Uma semana ou um mês depois, tudo pode parecer completamente diferente.
  • A maioria das pessoas que pensaram em suicídio está feliz por estarem vivas. Dizem que não queriam acabar com as suas vidas - queriam apenas acabar com a dor.
O passo mais importante é falar com alguém. As pessoas que pensam em suicídio não devem tentar lidar com algo tão difícil sozinhas. Devem procurar ajuda imediata.
Falar com a família ou amigos
Conversar com um parente, um amigo ou um colega pode ser um grande alívio.
Contactar o T.A. ou outras linhas de apoio
Algumas pessoas não podem falar com a família ou amigos. Podem preferir falar com um estranho. Se falar é demasiado difícil, a pessoa pode escrever um e-mail.
Falar com um médico
Se alguém está a atravessar um período mais longo em que se sente baixo ou pensa em suicídio, pode sofrer de depressão. A depressão é uma doença provocada por um desequilíbrio químico, e pode ser tratado por um médico através da prescrição de medicamentos e/ou terapia.
Fonte: www.befrienders.org